7.6.12

Nunca cometa o mesmo erro duas vezes. A não ser que tenha sido bom. — Cazuza