6.7.12


Só uma coisa era fundamental (e 

dificílima): acreditar.
— Caio Fernando Abreu